Encontrar grandes quantidades de cabelo na escova, no chão ou no travesseiro, é uma imagem que muitas mulheres enfrentam diariamente. Se, além disso, está perto da menopausa, podem surgir dúvidas sobre como assumir as mudanças que surgem no organismo, quando se chega a esta etapa.

Mudanças internas, manifestações externas

Durante a menopausa, os estrógenos diminuem e, portanto, o nível relativo de testosterona nas mulheres, aumenta. Nestas condições, é comum que o cabelo se torna mais fino, dando uma aparência fraca, deixando ver, em muitas ocasiões, o couro cabeludo.

É necessário determinar se a causa é precisamente a menopausa e se, na verdade, está ocorrendo uma perda maior durante esta época, ou seja, que partes do crânio ficam nuas pela ausência de cabelo.

Medicamentos e estresse

Assim como é normal o aumento no ritmo de crescimento de pêlos durante a gravidez, é comum a perda deste passado o parto. Este ciclo reflete a influência que tem sobre ele as mudanças hormonais que afetam o corpo das mulheres.

Algumas mulheres perdem cabelo devido a vários fatores, por exemplo:

  • Tratamentos que incluem antidepressivos ou contraceptivos
  • Baixos níveis de minerais ou vitaminas
  • Hipotireoidismo (tireóide funciona mais lentamente do que o normal)
  • Infecção na pele do crânio
  • Doenças auto-imunes, como por exemplo o LÚPUS
  • Períodos de estresse intenso
  • Fungos

Cuidados que você deve ter para prevenir a calvície

Embora o tratamento da alopecia depende de sua origem, existem medidas que você pode tomar em qualquer um destes casos:

  1. Evita o uso de produtos químicos fortes para alterar a cor ou a forma do cabelo, como aqueles usados para fazer permanentes ou iluminações.
  2. Leva penteados que não necessitem de puxar o cabelo, mantendo assim sua integridade.
  3. Compra um shampoo de boa qualidade, e faz com que todos os produtos de higiene pessoal capilar sejam de uma mesma marca.
  4. Escolha de preferência produtos que são feitos com matérias-primas naturais e que não fazem tanta espuma.
  5. Evite usar água muito quente para lavar o cabelo.
  6. Lava frequentemente escovas e peinillas.

Relação entre menopausa e a calvície

A menopausa por si mesma, não é uma causa comum de alopecia, simplesmente trata-se de uma variação dos níveis hormonais das mulheres que geram mudanças em seu corpo, entre eles a aparência do cabelo, que pode mudar de textura e espessura.

Lembre-se que a alopecia requer um tratamento adequado, que varia em cada pessoa. Por isso, recomendamos que visite o seu médico para avaliar qual é o melhor para ti e assim controlar a queda de cabelo.

Um grupo de profissionais em diferentes áreas da saúde está à sua disposição para resolver as suas preocupações.